domingo, setembro 02, 2012

VALDEMIRO SANTIAGO - O CHICO XAVIER DOS EVANGÉLICOS




Sem resenha!
Não, infelizmente não dá pra fazer resenha pra falar de Valdemiro Santiago.
Ele é diferente, se fez destacar por ser diferente e merece, pelo que se tornou, ser tratado de forma diferente.


Mas não se anime muito você que é evangélico. Não to aqui pra endeusar Valdemiro.
E você também, ateu desgracento, não pense que vou crucificar o cidadão. Valdemiro é um cara especial. 

São cinco horas da tarde. Pessoas de todos os tipos começam a chegar a um grande templo; diz-se o maior templo evangélico do mundo. Ele construiu em Jacarepaguá (RJ) um templo que comporta – sentados – pelo menos umas 400 mil pessoas. Batizou o local de Cidade Mundial – numa clara alusão à igreja que comanda, a Igreja Mundial do Poder de Deus.
 O transito já começa a ser modificado, vendedores de sanduiche a cobertores e travesseiros já começam a se espalhar pelas redondezas assim como flanelinhas se multiplicam pelas ruas paralelas para ‘guardar’ o seu carro. Mas isso bem longe de onde ocorre o culto. 

O culto é em local um tanto quanto ermo. Ou você chega num dos ônibus das caravanas das igrejas, ou chega a pé (andando pelo menos uns 500 metros de onde o trânsito foi fechado) ou pega um taxi que o deixa nos portões do templo – esse foi o jeito que usei pra chegar.
As pessoas vem de diversos lugares. Uns de bem perto, outros de outros cidades ou estados. Alguns talvez de outro país. Pessoas comuns, pessoas pobres, pessoas nem tão pobres assim, classe média se misturando com a classe alta e também aos miseráveis sem estranharem uns aos outros. A maioria chega andando. Outros chegam empurrados numa cadeira de rodas. Muitos não tem perna. Muitos tem pele mas não tem saúde na pele – muita gente com caroços estranhos, feridas estranhas, doenças as mais diversas ali se misturam. Quem procura Valdemiro está a procura de algo não que os conforte mas que os tire daquele estado terrível.


 A noite pode estar fria ou quente, mas isso é o que menos importa. O que importa é que dentro de pouco tempo estas pessoas estarão perto dele. E a certeza de que os momentos de dor de muitos pode estar chegando ao fim.
O culto não é agora, mas sim no dia seguinte por volta das oito ou nove horas da manhã.  Mas quem quer chegar mais perto, quem quer ‘pegar a benção’ pela mão ou quem quer sentir o hálito do Apóstolo Valdomiro Santiago tem que chegar cedo, muito cedo. Tem que chegar na véspera e dormir por ali mesmo. Ou não dormir como a maioria faz.
Impressiona como não há tumultos ou vozerios. As pessoas se aglomeram educadamente (a grosseria muitas vezes fica por conta de alguns ‘obreiros’ que vez por outro se acham a última cocada do tabuleiro e começam a falar grosso com pessoas humildes – lamentável).
O Apóstolo Valdemiro é o que se pode chamar de ‘um jovem senhor’. Forte como uma árvore e alto como um jogador de basquete, Valdemiro, hoje com 48 anos de idade se tornou a maior referência no meio evangélico em geral. E com méritos.
Segundo informações que o próprio já concedeu em algumas poucas entrevistas – apesar da popularidade, Valdemiro não é chegado aos holofotes que não sejam os do próprio templo – já foi pastor da Igreja Universal do Bispo Edir Macedo.
Somente por esse passado ao qual considero triste, já seria motivo para não levá-lo muito à sério, mas Valdemiro conseguiu superar este “estágio” talvez necessário, para se tornar o que é hoje.
Valdemiro se tornou uma espécie de “Chico Xavier dos Evangélicos”.  Preencheu uma lacuna vazia no coração de evangélicos que sentiam falta de algo fora do “lugar comum” que já vinha se tornando cansativo.
Aliás , nas poucas vezes que comparei Valdemiro com Chico Xavier, vi caras feias de defensores de ambos.
De uns eu ouvia: - Tá de sacanagem né....comparar Chico com Valdemiro? Chico doou a vida e tudo que poderia ter ganho para a caridade e tu vem puxando a brasa pra sardinha desse pastorzinho?
De outros escuto: - Blasfêmia! Como pode comparar o Homem de Deus Valdemiro com aquele enganador sem vergonha do Chico Xavier? Sabe por que ele botava a mão na cara pra psicografar? Porque ele ria da nossa cara enquanto escrevia!....nem pense em comparar!!!!
Enfim, eu ‘tomo porrada’ dos dois lados...tá certo.
Até o “Fenômeno Valdemiro” explodir, evangélicos ou eram motivo de chacota, ou então doadores de dinheiro para pastores farrearem com o farto dinheiro do rebanho somente às custas de promessas de um terreno no quintal de Deus. Assinavam um cheque em branco para a vida eterna ao lado de Jesus Cristo sem qualquer fundamentação a não ser a que os pastores interpretavam diante de um Bíblia retalhada ao seu bel prazer.
Valdemiro resgatou o Deus Bíblico. Valdemiro buscou de volta o Deus de milagres, o Deus do impossível lembrando que “Deus é o mesmo, ontem, hoje e sempre”.
Ele também conseguiu algo muito complicado no meio evangélico que foi conquistar a simpatia de espíritas, católicos e até mesmo homossexuais. Não que ele garanta a salvação a estes, mas não os repudia e os chama para conhecer o “Seu Deus” independente de suas crenças.

Valdemiro bota “a mão no fogo” pelo Deus que prega. Costuma bradar em voz bem alta que “não quer mais a unção de Deus “ se fulano não se curar de determinada doença incurável.
O mais curioso é que poucos dias depois a pessoa volta seu templo e, na frente das câmeras, como havia feito antes, mostra exames de antes e depois. E mostra a cura realizada em tempo recorde. E ele não aceita qualquer coisa como “milagre”. Pra ele tem que ser a coisa por completo; ou é ou não é! Se tiver como comprovar com exames, ele faz questão.

Não se trata de fantasia ou de “teatrinho combinado” conforme já largamente visto em outras igrejas que tentaram ou disseram fazer algo parecido.
Tive a oportunidade de estar nos templos de Valdomiro algumas vezes – numa delas viajei 700 kilometros até São Paulo para testemunhar de perto o que acontecia naquele lugar.
Como cidadão curioso, cético, pesquisador e desconfiado, procurei prestar bem atenção a tudo que acontecia ao meu redor. Eu estava louco pra meter o pau em mais um pastor safado que só queria dinheiro do povão carente. Mas curiosamente fui desarmado nesse sentido – o que não significa que entrei ali desatento ao que ocorria a meu redor. Mas prefiro narrar a vez que fui na Cidade Mundial no Rio de Janeiro.
O local é um monumento à fé. Como já disse, pessoas se aglomeram e chegam ao longo de mais de 15 horas antes de iniciar o culto. E tem lugar pra todo mundo. Se não couber sentado, cabe em pé em bom lugar. Há grama em todo o redor da Cidade Mundial, muitas árvores e parece um grande parque onde constatei um lindo amanhecer por volta das 5:45 da manhã.
Eram 3:15 da manhã quando Valdemiro chega no altar, dá algumas broncas nos obreiros (é bem comum isso acontecer; Valdemiro não é o que se pode chamar de um cidadão fino e não está nem aí pra isso também) por alguma  coisa não estar acontecendo da forma como ele previu ou gostaria, pega o microfone e começa a conversar com o povão.
Sim, ele não prega, ele conversa. Parece estar na cozinha de casa preparando um inhoque a bolonhesa enquanto anda meio que balançando seu pesado corpo pelo altar (impossível não notar que ele anda meio que se sacudindo como um pêndulo – algum entendido no assunto já diria que se trata de algum artifício de controle mental, etc...mas deixa isso pra lá).
Pra que ele começa tão cedo? Pra colocar as mãos na cabeça das pessoas. 
E ele começou isso antes das 3:30 da manhã e terminou pouco antes das 8:30, ou seja, pelo menos 5 horas em pé  em cima de um caixote (caixote mesmo) fazendo isso, impondo as mãos nas pessoas que faziam uma fila interminável para ele apenas tocar nas pessoas. Alguém se recordar de isso ter acontecido com alguém nos últimos 2 mil anos? 
Ah sim, ele também botou a mão na minha cabeça. 



De minutos em minutos ele deixa alguém falar alguma coisa. Sim, ele não gosta de ser interrompido. É pior que o Faustão nisso. Não deixa ninguém falar. Se alguém fala muito, ele logo interpela e brada “SEM RESENHA, POR FAVOR, MINHA FILHA....QUER CONTAR HISTÓRIA ENTÃO ESCREVE UM LIVRO!...FALA LOGO O MILAGRE.” Alguma boa alma que ler este texto e que tenha maiores contatos com ele, informe que resenha significa justamente resumo, síntese de algo que aconteceu, etc...talvez ele então mude seu jargão para “FAZ UMA RESENHA!”.

Chegar perto do cara também não é tarefa simples. Existe uma necessária blindagem a Valdemiro; quase coisa de um 'superpop' do meio evangélico. Mas como pra tudo na vida se da um jeito, eu também dei o meu.
Peguei minha câmera profissional, pendurei no peito, ajeitei minha cara de pau e la fui ficar mais perto do Valdemiro. Em  torno dele tinha um círculo de obreiros. Escolhi a que eu achei  que tinha cara de mais sugestionável e mandei assim com um portunhês bem arrastado: " Boa noite, é que eu precissarrrr entrar e fazerrrr algumas imagensss para enviar parrra a BBC de Londres...". 
Pronto. Foi o passaporte para ficar a menos de meio metro do astro evangélico do momento e sentir o bafo do apóstolo (graças ao bom Deus não era bafo de angú com quiabo). Fiz de bem perto algumas boas fotos e alguns bons vídeos que agora são apenas meus - visto que nenhuma emissora àquela hora estava filmando ou transmitindo a imposição de mãos.
Tomei cafezinho e bebi da águas dos bispos que estavam por alí...fiz a festa. Viva a BBC de Londres e a minha cara de pau.
Depois me arrependi. Acho que um pouco mais de cara de pau e eu teria conseguido uma entrevista particular com ele. 

* Curiosamente no momento em que eu estava filmando um pronunciamento a meio metro dele, as luzes de todo o local se apagaram. Sim, quase 200 mil pessoas num recinto sem enxergar um só palmo à frente. Tumulto? Confusão? Pânico? Que nada...começaram a cantar louvores. E ninguém reclamando. Somente meia hora depois a luz voltou e ele, voltou ao que estava fazendo antes. E eu voltei ao meu lugar. (é que to sem tempo agora, mas posso depois postar exatamente o video do momento em que quando eu imaginei que iria virar uma tremenda confusão, o povo começou a louvar)

Mas Valdemiro é melhor que isso. É muito carismático. Não tem cara de fingido, não parece fingir e se mente, talvez esteja primeiro enganando a si.
Uma pessoa que usa frases do tipo:
- Se você não tem fé pra resolver o teu problema, então pegue a minha fé e use.
- Se você não crê em nenhum Deus, não tem importância, eu creio no meu Deus...eu só preciso que você então creia no Valdemiro e no Deus dele.
- Eu não preciso que você tenha fé. Eu tenho a minha e você acreditando no que eu digo, você vai alcançar o que precisa.
O cara pega pesado né? Chamar a responsabilidade assim é pra quem tá se garantindo muito.
Uma ocasião me chega no altar um cidadão com uma espécie de doença de pele bastante contagiosa e em pústulas. Valdemiro conversou com o rapaz em chagas e alguns minutos depois o abraçou na frente das câmeras. E abraçou com vontade. Sem medo.
O rapaz ainda disse: Apóstolo, cuidado que isso que eu tenho no corpo pega...tenha cuidado.
Valdemiro respondeu que o que ele tinha dentro dele também pegava. E continuou abraçado ao cidadão.
Algumas semanas depois o cidadão volta ao local apenas com pequenas sombras secas das pústulas que sofria a anos e que médico algum conseguiu curar.
Não é raro escutar muitas histórias das toalhinhas benditas. Valdemiro tem umas toalhinhas de rosto, com alguns dizeres, que distribui a suas ovelhas. As pessoas usam desde pra coar café pra curar alguma coisa do estômago, como para colocar no leito de quase morte de pessoas moribundas. E com muitos relatos (acompanhados de laudos de antes e depois) de recuperação total de muitas pessoas.


O que mais aparece é caroço que desapareceu, cego que voltou a enxergar (sim, os cegos vão andando até o altar e Valdemiro faz questão de que alguém testemunhe que antes a pessoa realmente não enxergava), e tem o ‘must’ que são as cadeiras de rodas que merecem quase um capítulo a parte. Ao longo dos cultos, começam a subir cadeiras de rodas. Muitas vezes erguidas pelos próprios ex-paralíticos ou por obreiros que os auxiliam.
Tumores em geral também são bem comuns de se observar o desaparecimento. Essa semana ele fez questão de mostrar em seu programa uma pessoa que tinha um tumor do tamanho de uma laranja dentro do cérebro e que era inoperável e sem chance de sobrevida se operado fosse. O fato é que Valdemiro deu garantias à família de que poderiam operar o doente, e que se ele não entrasse falando e saísse falando, Valdemiro largaria o altar. Isso num caso onde, segundo os médicos, sequer havia chance de sobrevida. Tem que confiar muito.
Valdemiro costuma dizer que quem precisa muito não vai lá pra desafiar a Deus, mas para desafiar o ‘coisa ruim’. Sim, porque segundo ele, Deus já sabe tudo que você precisa, então você vai lá pra desafiar o capeta. E quem compra essa briga é ele, Valdemiro.

Falando em comprar, vamos agora à parte chata. A igreja dele também gosta de cobrar o dízimo. Não só o dízimo como o que alguns batizaram de “bízimo” ou “trízimo” pela internet.

A Igreja Mundial nesse ponto não se difere muito das outras. Gosta de pedir dinheiro aos fiéis, usa parte de seu tempo na televisão e nos cultos para isso; pedir dinheiro para se manter alegando que tudo é muito caro, que as transmissões são uma fortuna e que manter os templo também não é barato. Quem mandou comprar uma Ferrari, não é mesmo? Manutenção cara...
O ‘bízimo e o trízimo’ é quando Valdemiro pede mais que do que o costumeiro dízimo (os tais 10% bíblicos que consta em Malaquias e blá, blá, blá...) alegando ser um desafio a si mesmo e que com isso a pessoa pode ganhar muito mais do que doar. Pode se entender que seja uma espécie de ‘barganha’ com Deus ou uma aposta com Ele. Você mostra desprendimento e ele te recompensa te dando mais daquilo que você quis convencer Deus que não precisa, então Ele te dá umas 10 vezes mais do que você jogou fora....entendeu? Não entendeu? Eu também não. Por isso eu não dou dízimo. Se mandasse tacar fogo no dinheiro talvez me convencesse.


Porém, o lado bom de Valdemiro supera isso tudo.
Ele é diferente na forma de agir, na forma de pregar, na forma como aborda a fé das pessoas.
Valdemiro se concentra mais naquilo que urge, naquilo que grita dentro das pessoas que é o sofrimento e não vende ou aluga terrenos no céu nem mesmo fica prometendo prosperidade sem trabalho. Não nega que leva uma vida extremamente  confortável e que isso é fruto de seu trabalho à frente de sua Igreja. Não negou (quando houve uma reportagem a respeito) que sua igreja tem propriedades rurais no interior do Brasil e que essas terras não são pequenas. Diz que são fruto das doações dos fiéis e que tudo aquilo pertence à Igreja Mundial. Uma espécie de “patrimônio” que deve ser usado para construir templos e mais templos país afora. Um maior que o outro pelo que se tem visto recentemente.
Seus templos não se preocupam em ser de acabamento refinado. Valdemiro se preocupa em ter lugar pra todo mundo chegar, sentar, ver, ser visto e acompanhar o culto. Não se preocupa com a beleza ou com ostentação, mas sim com a funcionabilidade do local.
Enfim, Valdemiro é um fenômeno não pelas curas que acontecem dentro de seus templos (ele faz questão de atribuir a Deus), mas pelo rebanho diferenciado que hoje é um exército muito grande que recruta pessoas dos mais diversos níveis sociais e intelectuais. Pessoas das mais diversas classes e até mesmo credos frequentam a Igreja Mundial. Vez por outra ele anuncia a presença de um ou outro artista conhecido que, comumente, fica meio que escondido atrás de alguma pilastra do templo.

Outra situação curiosa é que Valdemiro é perseguido pelos seus.
Pastores de outras congregações não se incomodam com R.R. Soares, com Silas Malalafia ou com Edir Macedo, mas muitos deles se incomodam muito com o fenômeno Valdemiro.
O motivo? Simples; Valdemiro arrebanhou justamente pessoas insatisfeitas com outras igrejas e os abraçou em seu ‘ninho’. Ofereceu o ‘diferente’ que as pessoas não encontravam nas demais igrejas.
A mistura de negro-origem pobre-pouca instrução o faz se identificar com pelo menos  60% do público brasileiro. Principalmente porque ele não nega suas origens e se diz um “simples comedor de angu com quiabo”.

Na opinião do redator deste blog, o maior milagre feito por Valdemiro é justamente ocupar algum espaço neste blog e nos deixar a grande – e saudável – dúvida de que podemos estar diante de um pastor sério; coisa rara hoje em dia e que conseguiu fazer pelo povão o que muitos tem tentado e até agora nenhum deles conseguiu.
Segundo a Bíblia, devemos estar atentos com os falsos profetas. Será Valdemiro um deles ou será justamente “O Profeta” que viria para anunciar a volta de Jesus? (caramba, eu não estou escrevendo isso no meu bog, não estou...).

O fato é que é preciso ser analisado em separado de outros pastores, de outros “cristos” que aparecem por aí, e observar o fruto. Normalmente uma má árvore não dá bons frutos e uma boa árvore não dá maus frutos.
Até aqui, os frutos de Valdemiro tem sido doces, apetitosos e tem alimentado a fé de muitas pessoas que a haviam perdido. O “Deus do Valdemiro” tem se mostrado mais eficiente que o SUS e tem ajudado muito mais gente a comprar a casa própria que o PAC da Dilma.
Parabéns ao Valdemiro por ter conseguido determinadas proezas como as citadas acima. Não é pra qualquer um, no mundo de hoje, onde tudo fica descoberto em pouco tempo, estar conseguindo não apenas se manter no ‘topo’ por tanto tempo, mas por conseguir também atrair a curiosidade e o tempo de pessoas como eu, incrédulo de carteirinha e outros tantos que se recusam a ‘sair do armário’ e dar seu testemunho ainda que através de um blog.
Pronto. Terminei. Agora podem começar a me xingar nos comentários.
Mas....SEM RESENHA!



Obs:
- Frequento vez por outra algum culto da Igreja Mundial.
- Tive a felicidade de receber a cura de meu filho que era portador de uma doença incurável no mesmo dia que estive na primeira vez num culto de Valdemiro ainda em São Paulo.
- Esse blog não tem a menor intenção de converter ninguém.
- Não virei crente por causa disso. Continuo achando que a maioria dos pastores são pessoas que se aproveitam da ingenuidade das pessoas e que alguns deles deveriam estar na cadeia.

7 Quem ama Comeeeennnttaaaaa:

Anonymous michele vidor said...

André, parabéns pelo texto. Admiro sua curiosidade pela verdade, e sua sinceridade! Realmente, o Valdomiro é o pastor com mais curas... conheci um sr. numa rodoviária certa vez, que me contou ter sido curado pelo Valdomiro... E ele faz em nome de Jesus. E Ele curou seu filho. Uma coisa te digo: Jesus EXISTIU e quem nao apenas crê, mas se converte, experimenta uma intimidade e uma paz espiritual que nao da p explicar. Sem contar o bem q faz a outros. Torço por ti e parabens por dar a cara a tapa falando sua opiniao favoravel ao pastor.

1:09 AM  
Anonymous André Resende said...

Michele, obrigado pelo comentário. Valdemiro é diferente em muita coisa. O que acontece dentro da igreja dele, na minha singela opinião, é o reflexo do carisma que conseguiu adquirir e justamente essa 'intimidade' não apenas com as forças criadoras mas também com as criaturas. Uma empatia que deu certo. Vida longa a esse cidadão.

12:26 PM  
Blogger Mariana Melo said...

Perdoe-me, Herege, mas ler esta asneira toda em seu blog me faz acreditar que, de fato, o mundo acaba em 2012.

Quem sabe já deveria ter acabado há muito mais tempo.

12:50 AM  
Anonymous michele vidor said...

Uma coisa que gostaria de acrescentar, é sobre o comentário da Mariana aí em cima. Pelo jeito, ela é no mínimo aquela cética de olhos e ouvidos tapados (tipinho comum, que não investiga, ao contrário de vc, logo credibilidade zero pra ela)ou ela "acredita em Deus, numa força superior" mas nem sabe o que isso significa. Infelizmente, o mundo está lotado de Marianas com preguiça de realmenteeee pensar, investigar, antes de parar nos mesmos argumentos mais velhos que a fome, de que as curas das igrejas crentes ocorrem por sugestionabilidade, ou que evangélico é bitolado e só serve pra engordar bolso de pastor. Enfim... vida longa a curiosos de verdade, como vc !!

9:42 AM  
Anonymous O Herege said...

Mariana, as qualidades de um Herege incluem questionar sempre...até mesmo as coisas que Deus duvida (e que eu também duvido). Valdemiro é um fenômeno mais de popularidade do que de outra coisa que se pense. Como citei, a mistura negro-parca cultura-infância pobre o faz se identificar muito com o povão e a forma como ele conduz as coisas em seu espaço é diferente dos demais. E funciona. Atende aos que vão ali procurar. Tem os mesmos defeitos dos outros pastores, mas tem alguns atributos bons muito interessantes e isso eu pude constatar 'in loco'. Vi gente sendo curada de forma quase instantânea e vi gente não resolvendo nem uma unha encravada...
Enfim, ele mexe com a fé das pessoas de forma com que isso aconteça, e esses mecanismos são muito interessantes desde que usados para o bem. Agora, o dinheiro que ele ganha com isso...digamos que ele está sendo mais esperto que eu, que você, e outras milhares de pessoas....o cara merece pelo que faz porque faz bem feito e faz com gosto pelo que pude presenciar. Acho ele um vitorioso no que tange a mexer com o sentimento das pessoas. E igualmente no que tange a administrar o que vem arrecadando e$$e tempo todo. Bom pra ele.

1:35 PM  
Anonymous H said...

Herege, leio seu blog desde o primeiro post, recentemente achei que vc tinha parado. Lendo esse post eu achei que não fosse a mesma pessoa que escrevia antes, mas lendo suas "justificativas" no final do post, acredito ainda mais que as pessoas mudam, mudam na forma de ver a vida, por que os obstaculos as vezes nos param repentinamente e nos desorientam forçando-nos a nos orientarmos novamente. Acredito que a fé todos nós temos, nas escrituras sempre foi isso que o salvador perguntou para quem ele curava ou para quem entercedia por alguém, vc tem fé? Agora não julgo vc, nem pastor, mas a fé de cada um é verdadeira.
sem mais...

11:21 AM  
Anonymous Anônimo said...

Parabéns,gostei muito mesmo do seu comentario,tambem fui ingredulo quanto a comunidade evangelica ,ate que em uma visita a igreja mundial mudou minha vida ,o quero dizer com isso,é que falta gente como vc no mundo ,que não se prende no que ouve falar mais sim,procurar ver com seus proprios olhos e ter sua propria opnião ,o que mais tem nesse mundo sao gente teleguiada,sem opniao que pensa da mesma forma que a grande maioria,mais uma vez parabéns pelo blog

8:21 AM  

Postar um comentário

Links to this post:

Criar um link

<< Home

Atenção: Esse site é melhor visualizado por quem não tem medo de enxergar